“Esta sim é uma verdadeira democracia, porque todos e cada um dos cidadãos, tanto negro quanto branco, o pobre […], têm voz e voto. Não impera  a força, a força, repito, a temos para defender a nação até a última gota de sangue, porque a força da Revolução não são os militares, é o povo.  O povo é a força, […]”

Discurso proferido no encerramento do X Congresso Têxtil, 22 de Julho de 1959